segunda-feira, 4 de abril de 2011

Amar se aprende!

"Amar se aprende amando..."
Foi o que disse um grande poeta brasileiro.
E afinal, quem sou eu para discordar dele.
Mas concluo, mesmo que em prosa, dizendo que aprende-se muito mais do amor sofrendo, ou talvez não temendo sofrer.
No Budismo se diz que toda dor é proveniente do desejo de não sofrer. Então usando-se a lógica aristotélica concluimos que amar é um aprendizado de sofrer e que sofrer é um aprendizado de amar.
Mas é tão tolo aquele que busca lógica no amor, quanto o que teme sofrer por ele.
E assim vamos seguindo na busca deste maravilhoso e inexplicavel sentimento, infinito enquanto dura, até a próxima esquina...até o próximo encontro...até a próxima quinta...

2 comentários:

Anônimo disse...

Bacana. Amar é mesmo difícil pra caramba...

Sharon Will disse...

Nossa! Finalmente você voltou....
Exatamente um ano depois do ultimo post...